O que é?

É o tipo de câncer mais comum dentre todos, não apenas de pele. Origina-se nas células da camada basal da epiderme. Os CBCs raramente são mortais e, ao contrário do carcinoma de células escamosas e do melanoma – o segundo e o terceiro tipos de câncer de pele mais comuns –, raramente se disseminam além de seu local de origem. No entanto, crescem localmente e invadir áreas profundas e podem causar grandes transtornos estéticos, com deformidades

 

A principal causa

Tanto a exposição ao Sol acumulada ao longo da vida quanto os episódios ocasionais de exposição intensa (que em geral provocam queimaduras) contribuem para provocar os danos que podem resultar em CBC. Os tumores surgem com maior frequência nas áreas expostas do corpo, especialmente na face, nas orelhas, no pescoço, no couro cabeludo, nos ombros e no dorso

 

 

Como identificar?

Existem variantes do CBC, não apenas um tipo dele. Mas o paciente deve ficar atento para lesões novas, especialmente aquelas que sangram ou criam casquinha, com dificuldade de cicatrização. As lesões podem aparecer como pequenas pápulas rosadas que tem um brilho e pequenos vasinhos na superfície ou como placa rosada e descamativa na pele que podem ainda ter pigmento escuro ou não. Como costumam ser assintomáticas, o paciente geralmente demora a procurar atendimento

 

Tratamento

O tratamento mais empregado é a cirurgia para remoção da lesão seguida do envio para exame anatomopatológico. O patologista analisa o fragmento retirado para confirmar se toda a lesão foi removida. Dependendo do tipo de CBC, local e paciente outras terapêuticas podem ser empregadas: curetagem e eletrodissecção, criocirurgia, radioterapia, cirurgia micrográfica e medicações tópicas.

Dra. Aline Fischer
Últimos posts por Dra. Aline Fischer (exibir todos)
Open chat